Pular para o conteúdo principal

Vale a pena ter uma Apple TV ?

  Boa tarde amigos e seguidores. Hoje vou falar sobre um assunto que me chamou a atenção há alguns meses atrás. Afinal de contas, Apple TV vale a pena ter ?

  A Apple TV é um aparelho da Apple que, conectado com uma TV de resolução de 720 ou 1080 DPI pode ser reproduzido seu conteúdo na tela. Sabendo do sucesso que fez em países como Brasil entre outros, a dona do aparelho resolveu investir pesado e criou o sistema tvOS liberando para qualquer desenvolvedor criar aplicativos para o dispositivo.

  O sucesso do aparelho veio pelo simples fato do valor dele. Imagina ter o mesmo conteúdo de uma Smart TV sem precisar ter que comprar uma outra TV. Sim, isso foi importante para meus pais. Quando eu casei e me mudei, minha Apple TV ficou na casa dos meus pais enquanto eu não instalava a internet e outras coisas na minha nova casa. Durante este tempo, meus pais se acostumaram a usar o aparelho e quando fui buscar pra minha surpresa eles queriam até comprar o aparelho. Qual o grande motivo de ser cobiçado um aparelho desse ? Simples, o fato de poder ter netflix, ver vídeos do Youtube, Vimeo, ter assinatura do EI (Esporte Interativo) tornou-se atrativo para os meus pais. Mas, como isso pode ser melhor que a Smart TV onde você pode instalar aplicativos a vontade ? O simples fato de vivermos num país com alta carga tributária e que faz as Smart TVs serem um sonho de consumo pra muitas familias. Lógico, se eu tivesse um Chromecast, provavelmente meus pais comprariam um também. Como estamos falando de um público leigo na área de tecnologia, eles só se aventuram naquilo que já conhecem através dos filhos ou de outras pessoas.


   O Chromecast também é um aparelho incrivel e mesmo eu falando de todas as possibilidades meus pais escolheram a Apple TV. Talvez por desconfiar que um aparelho do tamanho de um pen drive realmente seja tudo isso, devemos sempre lembrar que nem todo o público está por dentro dos novos aparelhos e de como estão diminuindo o tamanho de tudo.
  Então, voltando ao assunto, mês passado antes de aumentar os produtos da Apple, meus pais compraram o aparelho e hoje estão felizes usando diariamente um simples aparelho que muitas pessoas não vêem graça em ter. Eu também fiquei com minha Apple TV e quem usa mais é minha esposa. O fato é que aparelhos deste tipo são excelentes pra quem tem pouco recurso, isso até pouco tempo atrás, agora com o valor de 600 reais, fica meio inviável comprar o aparelho apesar de ainda ter custo menor que o de uma Smart TV. Se você tem uma TV FULL LED de 42" ou mais, é mais fácil comprar um aparelho desse do que trocar por uma Smart TV.

  Resumindo: se você curte Netflix, tem uma boa TV, um roteador WI-FI e não tem condições de comprar uma Smart TV, vale a pena investir no aparelho. Lógico, se você tem uma TV monitor, vale a pena conectar seu notebook via cabo HDMI na TV e assistir a Netflix desse jeito.

  O próximo assunto falarei sobre a nova Apple TV e o que a Apple pretende alcançar com o novo aparelho.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Computação Gráfica: Fundamentos básicos

As 7 principais linguagens de programação usadas em desenvolvimento mobile

A multiplicidade de linguagens para a criação de softwares e aplicativos é gigantesca. Inserido nesse universo recheado de idiomas, digno de séries e filmes cultuados como “Star Trek” e “Star Wars”, o programador deve escolher precisamente a opção mais adequada ao objetivo final.
Não somos tão sábios quanto Mestre Yoda e Spock, mas vamos te dar uma força e explicar quais as linguagens de programação mais usadas em desenvolvimento mobile. Siga-nos nessa jornada!
Java Adquirida pela Oracle, é a linguagem mais utilizada por programadores ao redor do mundo. Orientado a objetos, o Java é compilado e flexível, podendo ser executada tanto numa janela de navegador quanto em aparelhos sem browser.
Outra grande vantagem da linguagem Java é a capacidade multiplataforma, cujo código é executado com especial sucesso em sistemas Android e Windows. Ainda assim, quando fala-se em desenvolvimento mobile no Brasil, com a salada mista de SO nos smartphones e tablets, dependendo dos seus …

Fazendo jogos e aplicativos com Unity 3D

Uma das principais dúvidas de quem está iniciando no mundo do desenvolvimento de jogos digitais é a de quais softwares utilizar. Em especial, muitas pessoas têm dificuldade em decidir qual game engine(ou, em português, motor de jogo) aprender para dar inicio ao desenvolvimento dos próprios jogos.

Mas o que é uma game engine?

A game engine é o programa de computador utilizado na confecção dos jogos digitais. É na game engine que a programação do jogo é feita, unindo arquivos de áudio, imagens e modelos 3D para criar os diversos cenários e ambientes do jogo.

Uma game engine possui diversas bibliotecas de scripts já embutidas, que facilitam o desenvolvimento de um jogo. Por exemplo, a maioria das game engines já vem com scripts para cuidar da renderização dos gráficos (motor gráfico) e da física básica envolvida no jogo (motor de Física). Isso quer dizer que é possível criar, por exemplo, uma esfera no editor da game engine e, com apenas alguns cliques, configurar aquele objeto 3D…