Pular para o conteúdo principal

Brian Michael Bendis deixa a Marvel e fecha contrato com a DC Comics


Brian Michael Bendis, o cultuado quadrinista que trabalhou com a Marvel por mais de uma década, acaba de romper com a editora de Stan Lee e assinou um contrato de exclusividade com a DC Comics. O anúncio foi feito pela própria DC no Twitter oficial:
Nós estamos mais do que animados de receber Brian Michael Bendis na família DC com um contratamo multi-anual e com várias camadas. Ele é um dos mais talentosos escritores nessa indústria e criou histórias inesquecíveis. Não podemos esperar para ver o que ele planeja para o universo DC.
O autor também comentou a decisão no seu Twitter dizendo que “Mudar é bom. Mudar é saudável”:

Eu estou transbordando de ideias e inspirações. Detalhes virão. Fiquem ligados!
Bendis foi um dos maiores pilares do universo Marvel dos quadrinho na última década. Por lá ele escreveu grandes e premiados arcos ao lado de outros quadrinistas como Bill Jemas e Mark Millar.

 Ele foi o principal idealizados do universo Ultimate, que hoje muito inspira os filmes da editora. Ele relançou os Vingadores em 2004 e teve função fundamental em grandes eventos como Guerras Secretas, Invasão Secreta, Era de Ultron, Guerra Civil 2 e tantas outras.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Algoritmo de Bresenham

O algoritmo de Bresenham — em homenagem a Jack Elton Bresenham — é um algoritmo criado para o desenho de linhas, em dispositivos matriciais (como por exemplo, um monitor), que permite determinar quais os pontos numa matriz de base quadriculada que devem ser destacados para atender o grau de inclinação de um ângulo. O Código void bresenham1 ( int x1 , int y1 , int x2 , int y2 ){ int slope ; int dx , dy , incE , incNE , d , x , y ; // Onde inverte a linha x1 > x2 if ( x1 > x2 ){ bresenham1 ( x2 , y2 , x1 , y1 ); return ; } dx = x2 - x1 ; dy = y2 - y1 ; if ( dy < 0 ){ slope = - 1 ; dy = - dy ; } else { slope = 1 ; } // Constante de Bresenham incE = 2 * dy ; incNE = 2 * dy - 2 * dx ;

As 7 principais linguagens de programação usadas em desenvolvimento mobile

A multiplicidade de linguagens para a criação de softwares e aplicativos é gigantesca. Inserido nesse universo recheado de idiomas, digno de séries e filmes cultuados como “Star Trek” e “Star Wars”, o programador deve escolher precisamente a opção mais adequada ao objetivo final. Não somos tão sábios quanto Mestre Yoda e Spock, mas vamos te dar uma força e explicar quais as linguagens de programação mais usadas em desenvolvimento mobile. Siga-nos nessa jornada! Java Adquirida pela Oracle, é a linguagem mais utilizada por programadores ao redor do mundo. Orientado a objetos, o Java é compilado e flexível, podendo ser executada tanto numa janela de navegador quanto em aparelhos sem browser. Outra grande vantagem da linguagem Java é a capacidade multiplataforma, cujo código é executado com especial sucesso em sistemas Android e Windows. Ainda assim, quando fala-se em desenvolvimento mobile no Brasil, com a salada mista de SO nos smartphones e tablets, dependendo

Computação Gráfica: Fundamentos básicos

Introdução à Computação Gráfica Para aqueles que estão começando agora em computação gráfica, faz-se necessário entender a importância dessa área e de sua abrangência no mercado de trabalho. Vamos conhecer um pouco do histórico desse ramo de atividade e a importância da computação gráfica. Definição A computação gráfica é uma forma de reprodução de imagens por meio computacionais. Desmembrando a expressão: Computação: forma de compreensão de dados de computadores que interpretam algoritmos. Gráfico: forma visual de expressão. Desde que os sistemas computacionais viraram realidade, a possibilidade de criar elementos visuais tem sido considerada, e os resultados têm sido satisfatórios, como vemos na evolução desse meio. Breve histórico Os primeiros estudos sobre computação gráfica datam ainda dos anos 1950, quando as primeiras incursões aconteceram com intuito de criar uma interface gráfica para os computadores da época. Estudos mostram que provav