Pular para o conteúdo principal

William Waack é afastado do Jornal da Globo após vídeo cair na web


ede Globo informou na noite desta quarta-feira (8) que o jornalista William Waack será afastado do Jornal da Globo. A decisão acontece depois de um vídeo que mostra um bastidor de uma cobertura do telejornal vazar. Nas imagens, Waack está em Washington, nos EUA, e reclama de um motorista que passa buzinando. "Tá buzinando por que, seu merda do cacete?”, diz o jornalista. Ele diz então para o convidado que está ao seu lado: “Não vou nem falar, eu sei quem é…” Depois, ele se vira para o convidado e diz - com o som já mais baixo: “Preto, né? É coisa de preto com certeza".
A Globo afirmou que a princípio o jornalista está afastado até que "a situação esteja esclarecida" e que a partir de amanhã vai discutir as implicações a longo prazo. Diz ainda que é "visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações". O próprio Waack ainda não veio a público para comentar o caso, mas segundo a nota da Globo ele "afirma não se lembrar do que disse, já que o áudio não tem clareza", mas pede desculpas a quem se sentiu ofendido.
O telejornal será apresentado por Renata Lo Prete, substituta "oficial" de Waack no programa.
O vídeo é de 8 de novembro do ano passado, na cobertura sobre a eleição de Donald Trump como presidente dos EUA.  Waack está ao lado de Paulo Sotero, diretor do Wilson Center, que comentava a ocasião. "Eu acho que o William não é assim. Eu, certamente, não sou assim, repudio racismo", disse Sotero hoje ao Buzzfeed News. Depois de ver o vídeo, ele afirmou que não conseguiu ouvir o que Waack falou. "Não me impactou na hora, e teria me impactado, porque eu não brinco com racismo, sexismo e homofobia", garante.
A hashtag #WilliamWaack foi para o segundo lugar entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil na tarde de hoje por conta do vídeo. "Quem trabalha na Globo e decidiu vazar esse vídeo do William Waack tem nossa eterna gratidão", comentou um usuário do Twitter. "Vazou um vídeo do William Waack sendo racista. Eu não deveria estar chocada, mas estou", comentou outra internauta.

Leia a nota divulgada pela Globo:
"Globo é visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações. Nenhuma circunstância pode servir de atenuante. Diante disso, a Globo está afastando o apresentador William Waack de suas funções em decorrência do vídeo que passou hoje a circular na internet, até que a situação esteja esclarecida.
Nele, minutos antes de ir ao ar num vivo durante a cobertura das eleições americanas do ano passado, alguém na rua dispara a buzina e, Waack, contrariado, faz comentários, ao que tudo indica, de cunho racista. Waack afirma não se lembrar do que disse, já que o áudio não tem clareza, mas pede sinceras desculpas àqueles que se sentiram ultrajados pela situação.

William Waack é um dos mais respeitados profissionais brasileiros, com um extenso currículo de serviços ao jornalismo. A Globo, a partir de amanhã, iniciará conversas com ele para decidir como se desenrolarão os próximos passos."

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Computação Gráfica: Fundamentos básicos

As 7 principais linguagens de programação usadas em desenvolvimento mobile

A multiplicidade de linguagens para a criação de softwares e aplicativos é gigantesca. Inserido nesse universo recheado de idiomas, digno de séries e filmes cultuados como “Star Trek” e “Star Wars”, o programador deve escolher precisamente a opção mais adequada ao objetivo final.
Não somos tão sábios quanto Mestre Yoda e Spock, mas vamos te dar uma força e explicar quais as linguagens de programação mais usadas em desenvolvimento mobile. Siga-nos nessa jornada!
Java Adquirida pela Oracle, é a linguagem mais utilizada por programadores ao redor do mundo. Orientado a objetos, o Java é compilado e flexível, podendo ser executada tanto numa janela de navegador quanto em aparelhos sem browser.
Outra grande vantagem da linguagem Java é a capacidade multiplataforma, cujo código é executado com especial sucesso em sistemas Android e Windows. Ainda assim, quando fala-se em desenvolvimento mobile no Brasil, com a salada mista de SO nos smartphones e tablets, dependendo dos seus …

Algoritmo de Bresenham

O algoritmo de Bresenham — em homenagem a Jack Elton Bresenham — é um algoritmo criado para o desenho de linhas, em dispositivos matriciais (como por exemplo, um monitor), que permite determinar quais os pontos numa matriz de base quadriculada que devem ser destacados para atender o grau de inclinação de um ângulo.

O Código
voidbresenham1(intx1,inty1,intx2,inty2){intslope;intdx,dy,incE,incNE,d,x,y;// Onde inverte a linha x1 > x2 if(x1>x2){bresenham1(x2,y2,x1,y1);return;}dx=x2-x1;dy=y2-y1;if(dy<0){slope=-1;dy=-dy;}else{slope=1;}// Constante de BresenhamincE=2*dy;incNE=2*dy-2*dx;d=2*dy-dx;y=y1;for(x=x1;x<=x2;x++){putpixel(x,y);if(d<=0){d+=incE;}else{d+=incNE;y+=slope;}}} Desenhar Reta em Java – Algoritmo de Bresenham/DDA Inteiro O objetivo deste algoritmo é reduzir o esforço computacional para se
desenhar uma reta, bem como reduzir erros de arredondamento e operações com ponto flutuante. E, de fato, o algoritmo de Bresenham consegue fazer isso – ele se desenvolv…