Pular para o conteúdo principal

Microsoft oferece 3 cursos grátis para criação de jogos online


Setor de jogos online está atraindo milhões de novos jogadores a cada ano e você não pode ficar de fora deste mercado. O Brasil é um dos principais consumidores de jogos digitais do mundo. Isso inclui todos os tipos de jogos, dos mais simples para Smartfones e navegadores, até o mais complexos e caros para videogames e computadores.

Para você ter uma ideia, o Brasil configura na quarta posição global do segmento de jogos online, que demanda cada vez mais negócios. São cerca de 40 milhões de jogadores brasileiros.

Que tal da os primeiros passos no mundo dos jogos, entenda os conceitos principais e comece a criar o seu próprio personagem, cenário e história. Aprenda os algoritmos e linguagens que o auxiliarão nesse processo de imersão no desenvolvimento de jogos.

Conheça 3 cursos gratuitos oferecidos pela Microsoft para desenvolvimento de jogos:

São 5 módulos para você aprender a desenvolver games para Windows Phone.

Academia voltada para os conceitos de desenvolvimento de games, na plataforma Windows Phone 7, contendo os primeiros passos com artigos técnicos para atingir esse objetivo. Também estão presentes artigos sobre conceitos de games e game design, assuntos importantes para o desenvolvimento de games.

A Unity consiste em um engenho de jogos multi-plataforma que inclui uma estrutura de componentes e algoritmos integrados, assim como uma ferramenta IDE (Integrated Development Environment). Esta série de vídeos apresenta os conhecimentos introdutórios do uso desta plataforma na criação de jogos 3D em primeira pessoa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Caos e hackers perseguem investidores nas bolsas de criptomoedas

Dan Wasyluk descobriu da forma mais difícil que as negociações de criptomoedas como bitcoins ocorrem em um ambiente online similar ao Velho Oeste, com os xerifes em grande parte ausentes.

Wasyluk e seus colegas levantaram bitcoins para uma nova empresa de tecnologia e hospedaram-nos como garantia em uma administradora de bolsa de moedas virtuais chamada Moolah. Poucos meses depois, o bolsa quebrou e o homem responsável está aguardando julgamento no Reino Unido, sob acusações de fraude e lavagem de dinheiro. Ele se declarou inocente.

O projeto de Wasyluk perdeu 750 bitcoins, que atualmente valem cerca de 3 milhões de dólares, e ele acredita que tem poucas chances de recuperar dinheiro.


"Realmente o projeto foi um tiro no pé", disse Wasyluk sobre o colapso de três anos atrás. "Se você está começando uma bolsa e você perde o dinheiro dos clientes, você ou sua empresa devem ser 100 por cento responsáveis por essa perda."
As criptomoedas deveria…

The Good Place - Netflix

Dias de chuva a primeira coisa que faço é, caçar algum filme ou série pra assistir na Netflix, Amazon Prime ou algum anime no Chunchyroll. Passando pela lista da Netflix, olhava para essa série mas ficava receoso de assistir e não gostar. Mas, olhando o catálogo e vendo que já assisti quase tudo de novidade resolvi dar uma chance a série mas já doido pra reprovar.

Antes de começar a falar da série, vamos falar do que sabemos da vida pós-morte. Sabemos que cada crença tem um modo de ver a vida pós-morte. Algumas acreditam em paraíso e inferno, outras tem o purgatório (uma espécie de escola de verão pra quem ficou de recuperação no teste da vida), os ateus acham que o pós-morte é mais químico e orgânico, seu corpo servirá de adubo pra natureza e, alguns acreditam em ciclo de reencarnação, onde as pessoas voltam para este mundo com uma nova identidade.

Dissertando um pouco sobre a vida pós-morte, vamos entender agora a série. No começo, quando a protagonista Eleanor morre e vai parar no &q…

Apple volta a ser a maior marca de wearables do mundo

Segundo o Canalys, a Apple voltou a ser a maior marca de wearables (dispositivos que podem ser usados como peças de vestuário) do mundo. No último trimestre, a empresa vendeu 3,9 milhões de unidades do Apple Watch.

Em segundo lugar, veio a Xiaomi, que vendeu 3,6 milhões Mi Bands, e em terceiro a Fitbit, que conseguiu vender 3,5 milhões de unidades do Alta.

No começo do ano, a Apple tinha sido superada pela Xiaomi. Contudo, o lançamento do novo Apple Watch fez com que a Maçã voltasse para a liderança.