Pular para o conteúdo principal

Tudo sobre os novos Pixel 2 e 2 XL da Google


Google apresentou ao mundo hoje (04) a nova geração dos seus smartphones, os Pixel 2 e 2 XL. O design desses smartphones é praticamente idêntico ao que você já viu nos incontáveis vazamentos e rumores acerca desses produtos nos últimos meses. O Pixel 2 XL acaba sendo o aparelho que todo mundo estava esperado de fato por conta da sua tela maior, mais comprida e de cantos arredondados. As bordas em volta desse display são mínimas, mas ainda sobrou espaço para a Google incluir dois alto-falantes frontais para som estéreo.

O Pixel 2 comum também conta com esse mesmo esquema de áudio, mas traz uma tela mais simples. Em vez da resolução 2K do irmão maior, ela vem com o Full HD tradicional. O aspecto desse display também remete aos modelos anteriores da Google, com o padrão 16:9 em vez do novo 18:9 que o Pixel 2 XL está trazendo. Ele também vem com largas bordas volta do visor. Ademais, os dois novos celulares da Google são praticamente idênticos, desconsiderando a questão do tamanho, naturalmente.

Ainda sobre o design, os novos celulares contam com uma carcaça feita praticamente toda em metal, com apenas uma “janelinha” de vidro na parte superior traseira. Em algumas das cores em que o celular será vendido, o botão power tem uma cor destacada. O leitor de digitais permanece mais ou menos na mesma posição que esteve na geração passada dos Pixel, o que vai agradar muita gente.

google pixel 2

Google Pixel 2

Não foi confirmado pela Google, mas parece que o Pixel 2 XL foi fabricado pela LG e estaria trazendo essencialmente o mesmo display do LG V30. O Pixel 2 menor teria sido fabricado pela HTC, que recentemente foi adquirida pela Google. Espera-se que, com isso, a gigante das buscas se torne também a gigante do hardware mobile.

Câmeras

Diferente do que tem sido a moda no mercado de smartphones, os novos celulares da Google não chegarão ao mercado com um sistema duplo de câmeras na traseira. Em vez disso, temos o tradicional sensor único na parte de traz.

Ainda assim, a Google promete uma qualidade de captura de imagens excelente e efeitos como o desfoque de fundo com apenas um sensor.
google pixel 2 xlGoogle Pixel 2 XL

Google Assistente

Como sempre, o software da Google é sempre um destaque. O Android, naturalmente, é o Oreo 8.0, e o Google Assistente pode ser ativado com um simples apertar na moldura do celular. É como se a Google tivesse construído seu próprio botão da Bixby, só que para o Assistente.

Há ainda uma série de outras novidades de software e hardware. Vamos atualizar essa postagem nos próximos minutos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Computação Gráfica: Fundamentos básicos

As 7 principais linguagens de programação usadas em desenvolvimento mobile

A multiplicidade de linguagens para a criação de softwares e aplicativos é gigantesca. Inserido nesse universo recheado de idiomas, digno de séries e filmes cultuados como “Star Trek” e “Star Wars”, o programador deve escolher precisamente a opção mais adequada ao objetivo final.
Não somos tão sábios quanto Mestre Yoda e Spock, mas vamos te dar uma força e explicar quais as linguagens de programação mais usadas em desenvolvimento mobile. Siga-nos nessa jornada!
Java Adquirida pela Oracle, é a linguagem mais utilizada por programadores ao redor do mundo. Orientado a objetos, o Java é compilado e flexível, podendo ser executada tanto numa janela de navegador quanto em aparelhos sem browser.
Outra grande vantagem da linguagem Java é a capacidade multiplataforma, cujo código é executado com especial sucesso em sistemas Android e Windows. Ainda assim, quando fala-se em desenvolvimento mobile no Brasil, com a salada mista de SO nos smartphones e tablets, dependendo dos seus …

Algoritmo de Bresenham

O algoritmo de Bresenham — em homenagem a Jack Elton Bresenham — é um algoritmo criado para o desenho de linhas, em dispositivos matriciais (como por exemplo, um monitor), que permite determinar quais os pontos numa matriz de base quadriculada que devem ser destacados para atender o grau de inclinação de um ângulo.

O Código
voidbresenham1(intx1,inty1,intx2,inty2){intslope;intdx,dy,incE,incNE,d,x,y;// Onde inverte a linha x1 > x2 if(x1>x2){bresenham1(x2,y2,x1,y1);return;}dx=x2-x1;dy=y2-y1;if(dy<0){slope=-1;dy=-dy;}else{slope=1;}// Constante de BresenhamincE=2*dy;incNE=2*dy-2*dx;d=2*dy-dx;y=y1;for(x=x1;x<=x2;x++){putpixel(x,y);if(d<=0){d+=incE;}else{d+=incNE;y+=slope;}}} Desenhar Reta em Java – Algoritmo de Bresenham/DDA Inteiro O objetivo deste algoritmo é reduzir o esforço computacional para se
desenhar uma reta, bem como reduzir erros de arredondamento e operações com ponto flutuante. E, de fato, o algoritmo de Bresenham consegue fazer isso – ele se desenvolv…